Serviços - 99790-2022

25/02/2022    S40

Alemanha-Colónia: Projeto Horizonte Europa: Implementação do conceito de aeródromo «Triple One»

2022/S 040-099790

Retificativo

Anúncio relativo a alterações ou de informação complementar

Serviços

(Suplemento do Jornal Oficial da União Europeia, 2022/S 030-073021)

Base jurídica:
Diretiva 2014/24/UE

Secção I: Autoridade/Entidade adjudicante

I.1)Nome e endereços
Nome oficial: Agência da União Europeia para a Segurança da Aviação (AESA)
Endereço postal: Konrad-Adenauer-Ufer 3
Localidade: Cologne
Código NUTS: DEA23 Köln, Kreisfreie Stadt
Código postal: 50668
País: Alemanha
Correio eletrónico: tenders@easa.europa.eu
Endereço(s) Internet:
Endereço principal: http://www.easa.europa.eu/the-agency
Endereço do perfil do adquirente: https://www.easa.europa.eu/the-agency/procurement

Secção II: Objeto

II.1)Quantidade ou âmbito do concurso
II.1.1)Título:

Projeto Horizonte Europa: Implementação do conceito de aeródromo «Triple One»

Número de referência: EASA.2021.HVP.30
II.1.2)Código CPV principal
73000000 Serviços de investigação e desenvolvimento e serviços de consultoria conexos
II.1.3)Tipo de contrato
Serviços
II.1.4)Descrição resumida:

As incursões na pista são consideradas um dos tipos de incidente mais críticos na aviação já que podem potencialmente levar a uma colisão na pista com consequências catastróficas. A utilização de uma frequência única para efeitos de comunicação no que respeita às operações de pista, melhora a sensibilização para a situação dos intervenientes ativos na zona de movimento do aeroporto. No entanto, isto implica a utilização de uma linguagem comum para que a utilização de uma frequência comum faça sentido. Existem exemplos de aeródromos com tráfego intenso em que este conceito «triple one» recomendado foi aplicado, embora pareça que num número significativo de casos, estão a ser utilizadas outras formas de operação. A Agência necessita de uma avaliação da situação atual, uma vez que as práticas atualmente utilizadas em toda a Europa divergem amplamente. Para evitar impactos negativos desnecessários nas partes operacionais interessadas num aeródromo, é necessário estabelecer um quadro preciso antes de o legislador europeu tomar quaisquer outras decisões na área. Por conseguinte, a Agência gostaria de identificar e compreender a aplicação atual do conceito «triple one», as variações de utilização, bem como a fundamentação/razão subjacente a cada uma delas, incluindo a forma como cada solução foi implementada a nível local e a que custo e impacto. O estudo deve ainda fornecer à Agência e às partes interessadas da aviação a compreensão necessária dos benefícios e riscos de segurança, bem como todas as razões para implementar ou não o conceito «triple one». Por último, o estudo deve fornecer opções políticas relativamente ao conceito «triple one» que possam ser utilizadas para reduzir ainda mais o risco de incursões na pista.

Secção VI: Informação complementar

VI.5)Data de envio do presente anúncio:
21/02/2022
VI.6)Referência do anúncio inicial
Número do anúncio no JO S: 2022/S 030-073021

Secção VII: Alterações

VII.1)Informação a alterar ou acrescentar
VII.1.2)Texto a alterar no anúncio inicial
Número da secção: II.1.4)
Ponto onde se encontra o texto a alterar: Descrição sucinta:
Em vez de:

A Agência necessita de uma avaliação da situação atual, uma vez que as práticas atualmente utilizadas em toda a Europa divergem amplamente. Para evitar impactos negativos desnecessários nas partes operacionais interessadas num aeródromo, é necessário estabelecer um quadro preciso antes de o legislador europeu tomar quaisquer outras decisões na área. Por conseguinte, a Agência gostaria de identificar e compreender a aplicação atual do conceito «triple one», as variações de utilização, bem como a fundamentação/razão subjacente a cada uma delas, incluindo a forma como cada solução foi implementada a nível local e a que custo e impacto. O estudo deve ainda fornecer à Agência e às partes interessadas da aviação a compreensão necessária dos benefícios e riscos de segurança, bem como todas as razões para implementar ou não o conceito «triple one». Por último, o estudo deve fornecer opções políticas relativamente ao conceito «triple one» que possam ser utilizadas para reduzir ainda mais o risco de incursões na pista.

Ler:

As incursões na pista são consideradas um dos tipos de incidente mais críticos na aviação já que podem potencialmente levar a uma colisão na pista com consequências catastróficas. A utilização de uma frequência única para efeitos de comunicação no que respeita às operações de pista, melhora a sensibilização para a situação dos intervenientes ativos na zona de movimento do aeroporto. No entanto, isto implica a utilização de uma linguagem comum para que a utilização de uma frequência comum faça sentido. Existem exemplos de aeródromos com tráfego intenso em que este conceito «triple one» recomendado foi aplicado, embora pareça que num número significativo de casos, estão a ser utilizadas outras formas de operação. A Agência necessita de uma avaliação da situação atual, uma vez que as práticas atualmente utilizadas em toda a Europa divergem amplamente. Para evitar impactos negativos desnecessários nas partes operacionais interessadas num aeródromo, é necessário estabelecer um quadro preciso antes de o legislador europeu tomar quaisquer outras decisões na área. Por conseguinte, a Agência gostaria de identificar e compreender a aplicação atual do conceito «triple one», as variações de utilização, bem como a fundamentação/razão subjacente a cada uma delas, incluindo a forma como cada solução foi implementada a nível local e a que custo e impacto. O estudo deve ainda fornecer à Agência e às partes interessadas da aviação a compreensão necessária dos benefícios e riscos de segurança, bem como todas as razões para implementar ou não o conceito «triple one». Por último, o estudo deve fornecer opções políticas relativamente ao conceito «triple one» que possam ser utilizadas para reduzir ainda mais o risco de incursões na pista.

VII.2)Outras informações complementares: